• Bowl

    Adocica: Bowl crocante com mousse de chocolate branco

  • Slider 2

    ADOCICA: BROWNIE DE STIKADINHO NO POTE

  • Slider

    Doces do Mundo: Churros

  • Slider

    DOCES DO MUNDO: DONUTS

Doce

Se me oferecessem um gole de alguma bebida alcoólica poucos anos atrás, eu agradeceria gentilmente (tipo uma donzela do século XIX) e continuaria a conversa (possivelmente sobre comida). Hoje, minha gentchê, se alguém fala as palavras #bonsdrinks, meus olhinhos miram curiosos pra coqueteleira. Outra bebida que eu ando curtindo bastante é a fruit beer, aquela cerveja com sabor frutado, docinha,… Continuar lendo

Eu cresci em um condomínio enorme, onde qualquer moita que a pessoa chutasse, saía uma criança (modo de falar – por favor, não saia chutando moitas por aí). Pensem numa infância divertida: brincamos de polícia e ladrão todas as noites (mas só depois de fazer o tema e de assistir Chiquititas, claro), dançamos ao som de Sandy & Junior/É o… Continuar lendo

Eu sempre gostei da ideia do brunch (uma adorável mistura entre breakfast e lunch – café da manhã e almoço – que em português resultaria nos não tão graciosos “caféoço” ou “almofé”). A revista inglesa Punch, criada em meados do século XIX, foi o primeiro veículo a utilizar tal alcunha. Em 1895, ela usou a palavra brunch para descrever a primeira refeição… Continuar lendo

Quando eu era pequena (há quem diga que eu ainda sou, super engraçado), não existia essa modernidade de cookies – o que tinha era bolacha mesmo, daquelas cheias de merengue e bolinhas coloridas, feitas pelas mãos habilidosas da vó (e, de vez em quando, pelas mãozinhas enxeridas dessa que vos fala). Eu adorava abrir aquele balde (a quem estou enganando,… Continuar lendo